Notícias

Confira as últimas notícias da área de atuação da Statera e fique sempre bem informado.

Cinco passos para coexistirmos com o coronavírus nos próximos anos

23 de Agosto de 2021. Dr sanjay Gupta, CNN

Uso de máscara, vacinação e avaliação ao risco de exposição são importantes para uma retomada segura à normalidade, avaliam especialistas

Enquanto os EUA se preparam para entrar no segundo outono com o coronavírus, o momento é reconhecidamente estranho. Por um lado, a situação está melhor do que no ano passado, principalmente porque o país tem vacinas que estão fazendo um excelente trabalho na proteção de cerca de 60% dos americanos totalmente vacinados e, em certa medida, os 10% adicionais que recebeu sua primeira dose.

Mas existe uma piora, principalmente porque a variante Delta, muito contagiosa e possivelmente mais perigosa, representa atualmente cerca de 99% dos infectados pelo coronavírus nos EUA. A variante Delta causou um aumento nas infecções, hospitalizações e, infelizmente, mortes, especialmente em partes do país onde as taxas de vacinação estão diminuindo. Para adicionar a esta tendência preocupante, doenças graves que requerem hospitalização estão afetando grupos de idades mais jovens e saudáveis, incluindo crianças.

O que fica claro é que nós, local e globalmente, não seremos capazes de erradicar o coronavírus completamente. Os especialistas preveem que ele se tornará endêmico, possivelmente se juntando aos outros quatro ou mais coronavírus do resfriado comum em circulação.

“Não vamos erradicar esse coronavírus como fizemos com a varíola; é algo que acho que vai se estabelecer em um padrão mais sazonal, como gripes e resfriados”, disse Linsey Marr, professora de engenharia ambiental na Virginia Tech e especialista em estudar transmissão de doenças infecciosas por meio de aerossóis.

“Agora, porque é novo e tantas pessoas não estão imunes a isso, está realmente atingindo a população. Mas acho que daqui a cinco anos teremos uma imunidade muito maior por vacinação ou infecção natural”, disse ela.

Isso significa que teremos que aprender a “dançar” com o vírus – uma coexistência segura – sem pisar constantemente nos pés dos outros.

https://www.cnnbrasil.com.br/saude/cinco-passos-para-coexistirmos-com-o-coronavirus-nos-proximos-anos/
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Statera Cursos - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Statera Cursos.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Statera Cursos não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Statera Cursos implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar

Entre em contato